Esporte 

Arrascaeta assume protagonismo no time do Cruzeiro e entra para ‘top 50’ de goleadores

Depois de uma participação discreta na Copa do Mundo pela Seleção Uruguaia, eliminada nas quartas de final pela campeã França, o armador Arrascaeta voltou em alta à equipe do Cruzeiro e teve papel fundamental tanto na classificação para as quartas de final da Copa do Brasil (empate por 1 a 1 com o Atlético-PR, pelo jogo de volta das oitavas de final) quanto na sequência de duas vitórias no Campeonato Brasileiro (América, 3 a 1, e Atlético-PR, 2 a 1). Os três tentos marcados por ele nos últimos três jogos o colocaram como maior artilheiro estrangeiro do clube, ao lado do boliviano Marcelo Moreno, com 45 gols cada. Os dois atletas dividem também a posição de número 50 entre os goleadores máximos da história cruzeirense.
Se balançar a rede do Corinthians nesta quarta-feira, às 21h45, na Arena Corinthians, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, Arrascaeta deixará Moreno definitivamente para trás e conseguirá uma façanha pessoal pelo Cruzeiro: fazer gols em quatro partidas consecutivas. A equipe celeste conta com a sequência de boas exibições de seu camisa 10, que assumiu a condição de protagonista justamente quando Thiago Neves caiu de rendimento e recebeu cobranças dos torcedores. Além do faro artilheiro pós-Copa do Mundo, o uruguaio contribuiu com uma assistência para Robinho, autor do segundo gol da Raposa no duelo contra o América.
Em 2018, Arrascaeta já marcou 10 gols em 28 jogos (média de 0,35). Em pouco mais de um semestre, ele ultrapassou, por exemplo, a íntegra da temporada 2015, quando contabilizou nove gols em 43 partidas. O melhor ano absoluto foi em 2016: 14 gols em 53 presenças. Caso mantenha a regularidade demonstrada até aqui, o gringo superará facilmente os números alcançados dois anos atrás.
Constantemente, Arrascaeta é alvo de especulações envolvendo uma possível transferência para o futebol europeu. O jogador esteve ligado a Newcastle-ING, Wolverhampton-ING, Napoli-ITA e Monaco-FRA. O Cruzeiro, por sua vez, garante que não recebeu proposta oficial pelos direitos econômicos do atleta. O clube é detentor de 25% do ‘passe’ do jogador, cuja multa rescisória é de R$ 120 milhões. Em caso de negociação, a diretoria deve exigir uma fatia maior nas cifras.

Elogios

Enquanto a oferta não chega para o Cruzeiro, Arrascaeta segue com a missão de conduzir o time aos bons resultados. O volante Lucas Romero é um dos apreciadores do repertório de dribles e arrancadas do colega. “É um jogador diferente. Quando ele está bem, em cinco minutos faz coisas diferentes. Fico feliz por ele ser o maior artilheiro estrangeiro do Cruzeiro. Já o parabenizei, fiquei feliz, espero que ele continue nos dando alegria e para a torcida também”.
O técnico Mano Menezes também exaltou o crescimento do jovem de 24 anos. “É um jogador que está se sentindo muito à vontade no Cruzeiro. Cresceu muito técnica e taticamente”, disse, exaltando também o poder decisivo de Arrascaeta, autor de gols importantes para o Cruzeiro nos títulos da Copa do Brasil de 2017 e do Campeonato Mineiro de 2018 (marcou em ambas as finais, contra Flamengo e Atlético). “É um jogador muito frio para decidir lances importantes. Isso faz diferença para formar uma equipe campeã”, concluiu Mano.
Números de Arrascaeta pelo Cruzeiro
Jogos: 168
Gols: 45
Assistências: 33
Por ano
2018: 28 jogos e 10 gols
2017: 44 jogos e 12 gols
2016: 53 jogos e 14 gols
2015: 43 jogos e 9 gols
Estado de Minas

Related posts

Leave a Comment