Esporte 

Atlético encerra temporada 2018 como ano em que menos marcou gols no século XXI

O torcedor atleticano acostumou-se a ver um time ofensivo nos últimos anos. Mas, depois de nove anos, o Alvinegro voltou a ter uma temporada sem chegar à marca de 100 gols. Pior do que isso. O clube, que balançou as redes 90 vezes, encerrou 2018 como o ano que menos anotou tentos no século XXI.

A marca anterior era de 2005, ano em que o clube foi rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Naquela temporada, o Atlético marcou 95 vezes.

Neste ano, o Atlético entrou em campo 64 vezes. O time teve uma média de 1,4 gol por partida.

á o ano com mais gols marcados no século foi o de 2013, que ficou eternizado pelo clube com a conquista da Copa Libertadores. Naquela temporada, as redes adversárias foram balançadas 127 vezes.
 
Artilheiros
O goleador do Atlético na temporada foi Ricardo Oliveira, que marcou 21 vezes (23% dos gols do Galo em 2018). Se for contabilizado apenas o artilheiro de cada ano, o atacante ficou na oitava posição (veja a lista no fim).
O líder da estatística é Diego Tardelli, artilheiro de 2009, com 42 gols. Já o artilheiro de uma temporada do Atlético no século com menos gols marcados foi Danilinho, com 12 gols em 2008.
Lista dos artilheiros de cada ano no século:
2009 – Diego Tardelli (42 gols)
2001 – Guilherme (32 gols)
2017 – Fred (30 gols)
2003 – Guilherme (28 gols)
2010 – Obina (27 gols)
2004 – Alex Mineiro (26 gols)
2016 – Robinho (25 gols)
2015 – Lucas Pratto (22 gols)
2018 – Ricardo Oliveira (21 gols)
2006 – Marinho (20 gols)
2014 – Diego Tardelli (19 gols)
2013 – Jô (19 gols)
2011 – Magno Alves (18 gols)
2012 – Bernard (15 gols)
2002 – Mancini (18 gols)
2007 – Éder Luís (16 gols)
2005 – Fábio Júnior (14 gols)
2008 – Danilinho (12 gols)
Estado de Minas

Related posts

Leave a Comment