Com o Atlético-GO no caminho, olhos do Cruzeiro estão voltados para a grande final

Com o Atlético-GO no caminho, olhos do Cruzeiro estão voltados para a grande final

  • Post author:
  • Post category:Esporte

O treino técnico era comandado pelo auxiliar Sidnei Lobo, sob olhar atento de Mano Menezes, na preparação do time que domingo enfrenta o Atlético-GO pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas a atenção maior, na verdade, estava nas atividades individuais feitas em campo pelo armador Alisson e pelo atacante Élber. A esperança na Toca da Raposa II é de que ambos estejam liberados para o segundo e decisivo jogo da final da Copa do Brasil, quarta-feira, contra o Flamengo.

Alisson não joga desde a vitória por 2 a 1 sobre a Chapecoense, em 10 de setembro, quando, depois de entrada do zagueiro Douglas Grolli, quando sofreu entorse com estiramento grau 1 no ligamento colateral medial do joelho direito. Ele vinha fazendo tratamento intensivo e ontem foi visto no gramado realizando exercícios sob a orientação do fisioterapeuta Charles Oliveira.

“O Alisson foi submetido a novos exames, que mostraram que a evolução é positiva, tudo dentro do esperado. A previsão é que ele volte a treinar com o grupo na segunda-feira”, projeta o médico Leonardo Corradi.

Assim, fica mais perto de se concretizar a promessa do técnico Mano Menezes, que há uma semana, com Alisson ainda entregue aos cuidados do DM, garantiu a presença do jogador na finalíssima da Copa do Brasil no Mineirão. Nem mesmo os 14 dias parado parecem abalar a confiança do treinador, que sabe a importância do camisa 11 para a equipe, especialmente diante de um adversário que nos últimos 10 jogos sofreu apenas quatro gols.

Já outro prata da casa, Élber, se recuperou de lesão no músculo adutor da coxa direita, sofrida durante treino no Rio de Janeiro, em 8 de setembro. Ele iniciou ontem o trabalho de recondicionamento físico e deve ficar à disposição de Mano Menezes para o duelo com o rubro-negro carioca.

Ainda que não seja titular, o camisa 23 é boa opção para o decorrer da partida. Tendo a velocidade como principal característica, poderá ajudar a desmontar a defesa adversária.

MOTIVADOS Como antes da final da Copa do Brasil o time celeste terá compromisso pelo Brasileiro, a ordem é manter a concentração no Atlético-GO. Para os jogadores que serão escalados, trata-se de uma grande chance de provar que podem ser aproveitados como titulares.

É o caso do atacante Rafael Marques, que deve voltar depois de se recuperar de cirurgia para retirada de hérnia inguinal. “A gente pensa na Copa do Brasil, mas estamos conseguindo virar a chave e nos concentrar no Brasileiro. Estamos entre os primeiros e temos de seguir assim, pois a Copa do Brasil não está garantida”, afirma o jogador, que não atua desde 23 de abril, quando entrou na derrota por 1 a 0 para o Avaí, em Florianópolis.

Apesar do tempo parado, ele se mostra bastante motivado e acreditando que pode ajudar o Cruzeiro a conquistar a terceira vitória seguida. ‘Voltar a jogar é muito bom, principalmente sem sentir nenhuma dor. Foi uma cirurgia simples, com recuperação rápida. Com um mês já trabalhava fisicamente e com menos tempo ainda já estava treinando com bola. Agora, vamos ver se for escalado no domingo.”
Quem ainda inspira cuidados do departamento médico e não deve enfrentar o Atlético-GO é o atacante Sassá. Ele segue fora dos treinos devido a dor no joelho direito, que o incomoda desde a semana passada.

Estado de Minas