Esporte 

Cruzeiro busca renovações de contrato para manter base campeã da Copa do Brasil

Rafinha: a idade de 35 anos não é empecilho para o baixinho de 1,67m ser um dos jogadores mais velozes e resistentes do elenco do Cruzeiro. Tanto que ele é primeira opção do técnico Mano Menezes em circunstâncias nas quais o time precisa de maior combatividade na marcação pelas laterais de campo. O número de gols, entretanto, é baixo: apenas 11 em 126 partidas. O contrato de Rafinha com a Raposa vai até dezembro de 2019.
Rafael Sobis: foi contratado ao Tigres-MEX em junho de 2016 com status de estrela. O Cruzeiro prometeu pagar US$ 5 milhões pelo negócio, mas enfrentou dificuldades financeiras e chegou a ser processado pelos mexicanos na Fifa. Na Raposa, Sobis alternou bons e maus momentos. Até aqui, disputou 117 partidas e marcou 28 gols. Seu contrato será encerrado em dezembro de 2019.

Barcos: rescindiu com a LDU de Quito em julho para assinar com o Cruzeiro por um ano. Existe a opção de renovação até 2020, mas até o momento não há manifestação por parte da diretoria sobre esse assunto. Em 22 jogos, o Pirata marcou apenas três gols – dois deles na semifinal da Copa do Brasil, contra o Palmeiras (vitória por 1 a 0, no Allianz Parque, e empate por 1 a 1, no Mineirão). Barcos, de 34 anos, é o quarto jogador mais velho do grupo, abaixo apenas de Fábio (38), Rafinha (35) e Fred (35).

Related posts

Leave a Comment