Destaque Esporte 

Cruzeiro completa domingo de festa com vitória elástica sobre a Chapecoense

Antes de enfrentar a Chapecoense neste domingo, no Independência, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro promoveu a entrega de faixas de campeão da Copa do Brasil a jogadores, dirigentes e integrantes da comissão técnica. O evento ocorreu no gramado do estádio, por volta das 17h30. Ao fim da cerimônia, o capitão Henrique ergueu o troféu do hexa e fez a festa da torcida. O desfecho das celebrações foi bastante positivo. Quando a bola rolou, o time celeste fez primeiro tempo excelente e goleou a equipe catarinense por 3 a 0. Os gols foram marcados por Thiago Neves, Arrascaeta e Dedé.
Com o resultado, a Raposa recupera a 10ª posição no Brasileiro, agora com 40 pontos, e se prepara para enfrentar o Ceará na quarta-feira, às 19h, no Mineirão, em jogo atrasado da 27ª rodada. Em caso de vitória, a equipe comandada por Mano Menezes ultrapassará na pior das hipóteses Fluminense (40) e Atlético-PR (40). O Santos, que está em sétimo (42), joga contra o Internacional nesta segunda, às 20h, no Beira-Rio, em Porto Alegre. O duelo complementará a 30ª rodada da Série A.
Nada de poupar titulares em função da ‘ressaca’ da Copa do Brasil. Mano Menezes cumpriu a promessa de escalar força máxima. Com isso, o goleiro Fábio, de 38 anos, realizou a 800ª partida a serviço do clube e entrou para o seleto grupo nacional que tem o ex-goleiro Rogério Ceni como líder, com 1.238 jogos pelo São Paulo, além de Pelé (1.116 jogos pelo Santos), Roberto Dinamite (955 jogos pelo Vasco), Ademir da Guia (903 jogos pelo Palmeiras), Júnior (865 jogos pelo Flamengo), Valdomiro (853 jogos pelo Internacional), Harlei (831 jogos pelo Goiás) e Wladimir (805 jogos pelo Corinthians).
Com mais volume de jogo no ataque desde os primeiros minutos, o Cruzeiro abriu o placar aos 21min, em belíssimo chute de Thiago Neves de fora da área: 1 a 0. Foi o segundo gol do meio-campista no Brasileiro e o 14º na temporada. Aos 29min, Barcos recebeu na grande área, ajeitou no peito e chutou para defesa parcial de Jandrei. Na sobra, Arrascaeta cabeceou e anotou o 48º gol a serviço da Raposa: 2 a 0.
Apesar de não ter sido tão exigido em seu 800º jogo, Fábio provou porque é um dos melhores goleiros da atualidade. Aos 40min, ele teve tempo de reação para defender a cabeçada de Leandro Pereira em seu contrapé, após lançamento de Bruno Pacheco. Se a Chape não aproveitou os raros avanços, o Cruzeiro transformou a vantagem em goleada aos 43min: Arrascaeta cobrou escanteio, e Dedé testou firme para as redes: 3 a 0.
No segundo tempo, o Cruzeiro diminuiu o ímpeto, mas seguiu com o jogo sob controle. De acordo com o Footstats, a equipe manteve 56% de posse de bola, além de chutar em direção a gol por seis vezes em 10 tentativas. Já a Chape só assustou uma vez na etapa complementar: Fábio fez defesa arrojada em chute de Yann Rolim, aos 34min. Em 18º lugar, com 31 pontos, o time de Chapecó tentará se recuperar no confronto direto com o América (15º, com 34) no próximo sábado, às 19h, na Arena Condá, em Chapecó.
CRUZEIRO 3X0 CHAPECOENSE
CRUZEIRO
Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral (Lucas Silva, aos 26min do 2ºT); Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta (Rafinha, no intervalo); Barcos (Raniel, aos 22min do 2ºT)
Técnico: Mano Menezes
CHAPECOENSE
Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Barreto (Yann Rolim, aos 21min do 2ºT), Canteros e Diego Torres (Bruno Silva, no intervalo); Doffo (Vinícius, aos 24min do 2ºT) e Leandro Pereira
Técnico: Claudinei Oliveira
Gols: Thiago Neves, aos 21min, Arrascaeta, aos 29min, e Dedé, aos 43min do 1ºT (CRU)

Cartões amarelos:
Dedé, aos 5min, Edilson, aos 42min do 2ºT (CRU); Canteros, aos 39min do 2ºT (CHA)

Motivo:
30ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio:
Independência

Data:
domingo, 21 de outubro de 2018

Árbitro:
Raphael Claus (FIFA/SP)

Assistentes:
Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Rogério Pablos Zanardo (CBF/SP)
Assistentes adicionais: Thiago Duarte Peixoto (CBF/SP) e Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (CBF/SP)

Pagantes:
12.666

Renda:
R$ 163.169,00
Estado de Minas

Related posts

Leave a Comment