Cruzeiro e Vasco vão medir forças na Copa Libertadores pela terceira vez na história

Cruzeiro e Vasco vão medir forças na Copa Libertadores pela terceira vez na história

  • Post author:
  • Post category:Esporte
Com a vitória por 3 a 2 nos pênaltis diante do Jorge Wilstermann – após revés 4 a 0 no tempo normal -, em Sucre-BOL, pela terceira fase, o Vasco assegurou presença no Grupo 5 da Copa Libertadores, composto ainda por Cruzeiro, Racing da Argentina e Universidad de Chile. Os confrontos entre os dois brasileiros estão marcados para os dias 4 de abril, no Mineirão, em Belo Horizonte, e 2 de maio, a princípio em São Januário, no Rio de Janeiro. Esta será a terceira vez na história que mineiros e cariocas vão se enfrentar pelo torneio.
Vingança
O primeiro encontro foi na edição de 1975. Campeão e vice do Brasileiro do ano anterior, Vasco e Cruzeiro mediram forças no Grupo 3, que ainda tinha Deportivo Cali e Atlético Nacional de Medellín, ambos da Colômbia. O time celeste liderou a chave, com sete pontos, e foi o único a se classificar para as semifinais, então disputadas em dois triangulares.
Nos confrontos diretos com o Vasco naquele grupo, o Cruzeiro venceu por 3 a 2 no Mineirão e empatou por 1 a 1 em São Januário.
Ao eliminar o Vasco, o Cruzeiro se vingou da perda do título brasileiro em 1974, quando foi prejudicado na grande final, no Maracanã, pela arbitragem do carioca Armando Marques.
Nas semifinais da Libertadores, o Cruzeiro caiu num grupo complicado, composto pelos argentinos Rosario Central e Independiente. O time vermelho de Avellaneda viria a ser o tetracampeão diante do Unión Española do Chile.
20 anos atrás
O Cruzeiro reencontrou o Vasco nas oitavas de final da Copa Libertadores de 1998. Por ter sido o campeão continental no ano anterior, o time celeste foi diretamente ao mata-mata. Os cruz-maltinos vinham de um segundo lugar do Grupo 2, liderado pelo Grêmio.
O Vasco levou a melhor no confronto direto com o Cruzeiro ao vencer por 2 a 1 em São Januário e empatar sem gols no Mineirão.
Depois desse duelo, o Vasco eliminou o Grêmio nas quartas de final, o River Plate nas semifinais e conquistou a taça inédita ao bater o Barcelona de Guayaquil na decisão. Carlos Germano, Mauro Galvão, Juninho Pernambucano, Felipe, Luizão e Donizete Pantera foram alguns dos destaques cariocas na campanha.
Copa Libertadores de 1975
Grupo 3 
23/02/1975 – Cruzeiro 3 x 2 Vasco – Mineirão, em Belo Horizonte
Gols do Cruzeiro: Palhinha (2) e Nelinho (de falta)
Gols do Vasco: Jair Pereira e Roberto Dinamite
23/03/1975 – Vasco 1 x 1 Cruzeiro – São Januário, no Rio de Janeiro
Gol do Vasco: Luiz Carlos
Gol do Cruzeiro: Vanderlei
 
Copa Libertadores de 1998
Oitavas de final 
15/04/1998 – Vasco 2 x 1 Cruzeiro – São Januário, no Rio de Janeiro
Gol do Cruzeiro: Marcelo Ramos
Gols do Vasco: Luizão e Donizete
02/05/1998 – Cruzeiro 0 x 0 Vasco – Mineirão, em Belo Horizonte
Estado de Minas