Cruzeiro não alcançava série invicta tão extensa no Brasileirão desde 2015

Cruzeiro não alcançava série invicta tão extensa no Brasileirão desde 2015

  • Post author:
  • Post category:Esporte
O torcedor que imaginou o Cruzeiro tiraria o pé do acelerador depois do pentacampeonato da Copa do Brasil, no mês passado, tem motivos para se orgulhar dos números da equipe celeste na reta final da temporada. Líder do returno do Brasileiro, com 20 pontos (seis vitórias, dois empates e apenas uma derrota), o time celeste não conseguia uma série invicta tão extensa desde 2015, na primeira passagem do técnico Mano Menezes.
O Cruzeiro não perde há oito jogos no Nacional, desde o revés para o São Paulo, por 3 a 2, no Morumbi, pela 20ª rodada. Desde então, venceu Sport (2 a 0), Bahia (1 a 0) e Ponte Preta (2 a 1), no Mineirão; superou Atlético-GO (2 a 1), Chapecoense (2 a 1) e Grêmio (1 a 0), fora; e empatou com Santos e Corinthians, ambos por 1 a 1, em casa.
O time celeste não conseguiu uma série tão expressiva desde 2015, quando Mano Menezes livrou a equipe das chances de rebaixamento na maior sequência invicta dos mineiros na era dos pontos corridos: 13 jogos. Na ocasião, o Cruzeiro ficou sem perder da 25ª até a 37ª rodada, com sete vitórias e cinco empates. Com os resultados, subiu da 14ª para a oitava colocação. A única derrota de Mano na primeira passagem foi na despedida, para o Internacional, por 2 a 0. No ano passado, no retorno de Mano para o lugar do português Paulo Bento, o Cruzeiro chegou a ficar sete jogos sem perder entre a 18ª e a 23ª rodada e, depois, mais cinco partidas invictas, entre a 28ª e 32ª.
O que difere o Cruzeiro de Mano da equipe bicampeã de Marcelo Oliveira é o momento em que a equipe cresceu no campeonato. Em 2013 e 2014, o time celeste também teve sequências expressivas, ambas com 12 partidas de invencibilidade, mas ainda no primeiro turno. Em 2013, a invencibilidade ocorreu entre a 15ª e 26ª rodada. No ano seguinte, o time não perdeu entre a oitava e a 19ª rodada, o que permitiu a equipe a ter certa folga no returno.
Mesmo com o bom momento, Mano descartou uma caçada ao Corinthians, que lidera o campeonato com dois dígitos de vantagem sobre o Cruzeiro. “A gente aqui é razoavelmente inteligente para não cairmos nessa. Não tem sentido falarmos nisso neste momento, mas o que não quer dizer que não vamos lutar. No dia que isso tiver sentido, podemos falar. Hoje não é inteligente falar isso”, afirmo. “Cruzeiro está brigando para permanecer no grupo abaixo do Corinthians. É uma turma boa, de qualidade, então é isso que vamos fazer nesse momento”, disse.
Semana decisiva

Depois de folgar no fim de semana por ter antecipado a partida contra a Ponte Preta, o Cruzeiro volta aos trabalhos hoje, na Toca da Raposa, em uma semana cercada de expectativas. Homem forte do futebol celeste na gestão de Wagner Pires de Sá, que assume o Cruzeiro em 31 de dezembro, Itair Machado deve se reunir nos próximos dias para tratar sobre a permanência de Mano Menezes, que tem contrato até o fim do ano.

A especulação sobre a saída aumentou depois da demissão de Cuca, no Palmeiras. Mano afirmou que, antes de tomar uma decisão, vai sentar para conversar e conhecer o planejamento do Cruzeiro para 2018.
Sequências vitoriosas
Cruzeiro de Mano no Brasileiro
2015 
13 jogos de sequência (25ª a 37ª rodada) – 7 vitórias e 6 empates
2017
8 jogos de sequência (21ª rodada até agora) – 6 vitórias e 2 empates
2016
7 jogos de sequência (18ª a 23ª rodada) – 5 vitórias e 2 empates
5 jogos de sequência (28ª a 32ª rodada) – 3 vitórias e 2 empates
Estado de Minas