‘Fiel da balança’ na briga pelo título, Cruzeiro visita Palmeiras no Allianz Parque pelo encerramento da 31ª rodada do Brasileiro

‘Fiel da balança’ na briga pelo título, Cruzeiro visita Palmeiras no Allianz Parque pelo encerramento da 31ª rodada do Brasileiro

  • Post author:
  • Post category:Esporte
A 12 pontos do líder Corinthians, o Cruzeiro não tem muitas pretensões no Campeonato Brasileiro, pois já está garantido na Copa Libertadores de 2018 por intermédio do título da Copa do Brasil. No entanto, o time celeste (6º, com 47) será o “fiel da balança” nesta segunda-feira, às 20h (de Brasília), em confronto contra o Palmeiras (2º, com 53) no Allianz Parque, pela 31ª rodada. Se perder, permitirá que o adversário dependa somente das próprias forças para ser campeão. Caso ganhe, deixará o líder Corinthians aliviado e poderá pensar em posições melhores na competição. Um eventual empate não altera as situações dos clubes na tabela.
A briga pelo título nacional ficou aberta por causa da derrota do Corinthians por 1 a 0 nesse domingo, no Moisés Lucarelli, em Campinas. No sábado, o Santos (3º, com 53) foi derrotado pelo São Paulo por 2 a 1 no Pacaembu. O Palmeiras, portanto, foi beneficiado na rodada e agora precisa fazer sua parte. Mas o Cruzeiro quer terminar bem o ano e tentará dificultar ao máximo a missão do adversário. É o que diz o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, algoz dos paulistas nas quartas de final da Copa do Brasil – marcou o gol que classificou a Raposa no empate por 1 a 1, no Mineirão.
“Temos oito jogos no Campeonato Brasileiro. Não existe férias. O Cruzeiro sempre vai entrar para vencer e precisa ficar em uma colocação adequada para o Clube, que é gigante. Temos nossas metas, mesmo com a conquista da Copa do Brasil. Vamos em busca das vitórias para deixarmos o Cruzeiro na melhor colocação possível. O Campeonato Brasileiro é muito importante e temos que pensar em colocar o clube no topo sempre”, disse o camisa 6, que lembrou da atuação do dia 26 de julho.
“Nos saímos melhores que eles nessas partidas anteriores e vamos fazer de tudo para que na segunda-feira também seja assim. É um jogo que me traz lembranças boas pela classificação e pelo meu primeiro gol com a camisa do Cruzeiro. Que siga assim e possamos trazer a vitória para Belo Horizonte”.

O técnico Mano Menezes manda a campo duas novidades em relação à derrota de domingo retrasado para o Atlético, por 3 a 1, no Mineirão. Saem o meia-atacante Alisson e o volante Hudson, machucados, e entram Lucas Romero e Rafael Marques. Este último terá a missão de ser a referência no ataque. Seus números até aqui são modestos: apenas um gol em 16 jogos. No banco de reservas, o atacante Jonata, de 19 anos, será opção. Emprestado pelo CRB de Alagoas até o começo de 2018, o prata da casa foi artilheiro do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro Sub-20, com cinco gols. Com 1,88m de altura, tem como grande virtude o cabeceio.

“Isso significa muito. É o momento mais importante da minha vida poder fazer ser relacionado no elenco principal do Cruzeiro. Tudo isso em tão pouco tempo é uma emoção muito grande. Estou muito feliz, assim como meus familiares, amigos e minha esposa. Todos estão muito contentes com esse momento da minha vida. Não dá para descrever a emoção de estar aqui. Só tenho a agradecer todos da comissão lá da base, meus companheiros, os jogadores aqui do principal e o professor Mano pela oportunidade. Sou muito grato ao clube”, disse Jonata, ao site oficial do Cruzeiro.

Ganhar em São Paulo seria de extrema importância para o grupo celeste, que vem de derrotas seguidas para Atlético e Coritiba. O possível triunfo faria o time recuperar o quinto lugar, atualmente ocupado pelo Botafogo após o empate sem gols com o Atlético, nesse domingo, no Independência.

Palmeiras
O Corinthians, que já foi considerado virtual campeão ao abrir 13 pontos de diferença sobre o segundo colocado, pode sucumbir no Brasileiro justamente diante do maior rival. Para ser líder, o Palmeiras precisa ganhar do Cruzeiro nesta segunda-feira e superar o Timão no clássico marcado para o próximo domingo, às 17h, no Itaquerão. Esse cenário deixaria o Verdão com os mesmos 59 pontos do alvinegro, mas em vantagem no número de vitórias.
Desde que foi efetivado no comando do Palmeiras após a demissão de Cuca, Alberto Valentim emplacou três vitórias seguidas: Atlético-GO (fora, 3 a 1), Ponte Preta (casa, 2 a 0) e Grêmio (fora, 3 a 1). Uma arrancada em busca do segundo troféu consecutivo do Brasileiro por pontos corridos certamente prestigiaria o treinador para a continuidade do trabalho em 2018. Poucos se lembram, mas há uma ligação entre o profissional palmeirense e o Cruzeiro. Ex-lateral-direito, Alberto era reserva de Vitor no time que perdeu por 2 a 0 para o Borussia Dortmund na final do Mundial de Clubes de 1997.
PALMEIRAS X CRUZEIRO
PALMEIRAS
Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho (Mina) e Egídio; Jean (Thiago Santos), Tchê Tchê e Moisés; Keno, Dudu e Borja
Técnico: Alberto Valentim
CRUZEIRO
Fábio; Ezequiel, Manoel, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Romero, Rafinha, Thiago Neves e Arrascaeta; Rafael Marques
Técnico: Mano Menezes
Motivo: 31ª rodada do Brasileiro
Estádio: Allianz Parque
Data: segunda-feira, 30 de outubro de 2017
Horário: 20h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes (SC)
Assistentes adicionais: Célio Amorim e Edson da Silva (SC)
Pendurados: Diogo Barbosa, Ezequiel, Lucas Romero e Rafinha
Estado de Minas