Jovem espancada no Parque de Exposições permanece internada na UTI do João XXIII

Jovem espancada no Parque de Exposições permanece internada na UTI do João XXIII

  • Post author:
  • Post category:Cidade

A jovem Tatiely Ferreira Mariano, de 24 anos, permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. O namorado dela, Walison Souza, 24, informou a DeFato Online que Tatiely apresentou melhoras nessa terça-feira, quando abriu os olhos e conversou com a família.

A itabirana foi agredida na madrugada de sexta-feira (11), no Parque de Exposições de Itabira, onde era realizada a Expoita.

Tatiely se divertia com o namorado e amigos. Segundo a ocorrência registrada na Polícia Militar, em dado momento um rapaz se aproximou, na companhia de um colega, e assediou a moça, o que gerou discussão com o namorado dela e o grupo. A situação, inicialmente, foi dispersada.

Após os shows principais, quando o grupo de amigos iria embora, o jovem que tentou forçar a situação com Tatiely reapareceu, acompanhado. Dessa vez com um tamborete metálico e partiu para cima de Walison Souza e deu vários golpes no rapaz.

Tatiely e um amigo, Tallis Vinicius, tentaram intervir, mas também foram agredidos. A moça, no entanto, foi o alvo maior do ataque covarde: levou vários golpes de tamborete, chutes e socos.

Os três jovens agredidos foram socorridos ao pronto-socorro de Itabira em um carro particular. No pronto-socorro, a PM apurou que Tatiely chegou desacordada e deu entrada na unidade com traumatismo craniano, sangramento no ouvido, lesões no rosto e tórax. Com quadro grave, ela foi transferida a Belo Horizonte.

Walison Souza foi socorrido com escoriações e um corte na cabeça, recebeu pontos no ferimento, ficou em observação e foi liberado. O amigo, Tallis, sofreu uma fratura no braço direito.

Inquérito

A Polícia Civil já apura o caso e suspeitos da agressão são investigados. Um inquérito foi instaurado e é acompanhado pela equipe do delegado Fábio Eiras. A corporação pede que quem tiver informações sobre o crime e a identidade dos suspeitos que as repasse à Polícia Civil. A denúncia pode ser feita de forma anônima pelo 181. 

DefatoOnline