Brasil e Mundo 

Militares venezuelanos matam dois e ferem quinze na fronteira com Brasil

Duas pessoas morreram e 15 ficaram feridas em um confronto entre indígenas e militares venezuelanos nesta sexta-feira no estado de Bólivar, na fronteira com o Brasil, quando tentavam manter aberta uma estrada para a entrada de ajuda humanitária, informou uma ONG de defesa dos direitos humanos.
“Uma mulher indígena e seu marido morreram e ao menos outros 15 membros da comunidade indígena do município Gran Sabana ficaram feridos após a investida de um comboio da Guarda Nacional”, informou à AFP a ONG Kapé Kapé.

Estado de Minas

Related posts

Leave a Comment