Quase um mês depois de título da Copa do Brasil, Cruzeiro reencontra Corinthians pelo Campeonato Brasileiro

Quase um mês depois de título da Copa do Brasil, Cruzeiro reencontra Corinthians pelo Campeonato Brasileiro

Pouco menos de um mês depois de bater o Corinthians por 2 a 1, em São Paulo, e se sagrar hexacampeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro volta a enfrentar o rival nesta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo sem alguns dos pilares que possibilitaram a conquista do 10º título nacional, a promessa é de que o time não vai perder ritmo nem deixar de impor seu jogo.
Para começar, a equipe não será comandada pelo técnico Mano Menezes, afastado para tratamento de saúde. Assim, caberá ao assistente Sidnei Lobo ocupar a área técnica durante a partida. Ele vem orientando os treinos desde segunda-feira, na Toca da Raposa II, sendo que o dessa terça foi fechado à imprensa.
Dentro de campo, a Raposa não contará com o zagueiro Dedé nem com o armador Arrascaeta, servindo às seleções Brasileira e Uruguaia, respectivamente. Curiosamente, os dois se encontram na sexta-feira, em amistoso marcado para o estádio do Arsenal, em Londres, às 18h.
Ambos são considerados muito importantes para o grupo celeste. Porém, é consenso que o Cruzeiro pode vencer sem eles, como já provou nesta temporada em duas oportunidades, sendo uma no Campeonato Mineiro e outra no Brasileiro. Sem a dupla, o time também empatou quatro jogos e perdeu dois, tendo marcado cinco gols e sofrido sete.
“Claro que os três fazem muita falta. A gente sabe a grandeza do Dedé, o Arrascaeta é nosso camisa 10. Mas temos outros para dar conta do recado, o próprio Sidnei costuma comandar treinos, está sempre com a gente. Então, podem ter certeza de que vamos entrar em campo para dar nosso melhor”, afirma o lateral-esquerdo Egídio.
Como os jogadores, Sidnei Lobo tem realmente experiência para exercer o comando da Raposa. Em 11 jogos em que Mano Menezes teve de se ausentar em suas duas passagens, o time foi comandado pelo auxiliar, tendo obtido seis vitórias, dois empates e perdido três vezes.
Com toda a confiança em Sidnei Lobo, Egídio considera que o importante mesmo é que quem entrar procure fazer o melhor. “Quando se tem oportunidade, o jogador não pode deixar passar. Já atingimos o objetivo no ano, fomos campeões (da Copa do Brasil) e estamos garantidos na Copa Libertadores do ano que vem, mas quem não vinha sendo aproveitado e tiver a chance de jogar tem de fazer o melhor possível. E nós, que jogamos mais, não podemos bobear, ainda mais dentro de casa. Temos a cultura da vitória e vamos entrar focados para fazer um grande jogo e conquistar a vitória”, diz o camisa 6.
Desfalques
Além de Dedé e De Arrascaeta (Manoel e David devem ser os substitutos), o interino não poderá contar com outros jogadores, suspensos. O lateral-direito Edílson recebeu o terceiro cartão amarelo, assim como o atacante reserva Rafael Sobis. O também atacante Sassá cumprirá a oitava e última partida de suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), ficando à disposição a partir do jogo com o São Paulo, no domingo.
Alvinegro paulista sob pressão
A três pontos da zona de rebaixamento, o Corinthians chega a Belo Horizonte precisando da vitória. E o técnico Jair Ventura ainda se vê obrigado a fazer duas mudanças em relação time que empatou por 1 a 1 com o São Paulo, sábado, em Itaquera. O lateral-esquerdo Carlos Augusto se apresentou à Seleção Brasileira Sub-20 e dará lugar a Danilo Avelar, ex-dono da posição. Expulso no clássico, Ángelo Araos abre vaga para o retorno de Douglas, que havia sido desfalque no fim de semana por causa de incômodo muscular na coxa esquerda.
CRUZEIRO X CORINTHIANS
CRUZEIRO
Fábio; Lucas Romero (Ezequiel), Manoel, Leo e Egídio; Henrique (Lucas Romero), Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves e David (Rafinha); Fred
Técnico: Mano Menezes
CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Leo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Douglas, Romero, Jadson e Pedrinho; Danilo
Técnico: Jair Ventura
Motivo: 34ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Data: quarta-feira, 14 de novembro de 2018
Horário: 21h45
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
Assistentes adicionais: Vinícius Gomes do Amaral (RS) e Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)
Cruzeirenses pendurados: Ariel Cabral, Bruno Silva, Dedé, Ezequiel, Leo, Manoel e Murilo
Estado de Minas