Destaque Esporte 

Quase um mês depois de título da Copa do Brasil, Cruzeiro reencontra Corinthians pelo Campeonato Brasileiro

Pouco menos de um mês depois de bater o Corinthians por 2 a 1, em São Paulo, e se sagrar hexacampeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro volta a enfrentar o rival nesta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo sem alguns dos pilares que possibilitaram a conquista do 10º título nacional, a promessa é de que o time não vai perder ritmo nem deixar de impor seu jogo.
Para começar, a equipe não será comandada pelo técnico Mano Menezes, afastado para tratamento de saúde. Assim, caberá ao assistente Sidnei Lobo ocupar a área técnica durante a partida. Ele vem orientando os treinos desde segunda-feira, na Toca da Raposa II, sendo que o dessa terça foi fechado à imprensa.
Dentro de campo, a Raposa não contará com o zagueiro Dedé nem com o armador Arrascaeta, servindo às seleções Brasileira e Uruguaia, respectivamente. Curiosamente, os dois se encontram na sexta-feira, em amistoso marcado para o estádio do Arsenal, em Londres, às 18h.
Ambos são considerados muito importantes para o grupo celeste. Porém, é consenso que o Cruzeiro pode vencer sem eles, como já provou nesta temporada em duas oportunidades, sendo uma no Campeonato Mineiro e outra no Brasileiro. Sem a dupla, o time também empatou quatro jogos e perdeu dois, tendo marcado cinco gols e sofrido sete.
“Claro que os três fazem muita falta. A gente sabe a grandeza do Dedé, o Arrascaeta é nosso camisa 10. Mas temos outros para dar conta do recado, o próprio Sidnei costuma comandar treinos, está sempre com a gente. Então, podem ter certeza de que vamos entrar em campo para dar nosso melhor”, afirma o lateral-esquerdo Egídio.
Como os jogadores, Sidnei Lobo tem realmente experiência para exercer o comando da Raposa. Em 11 jogos em que Mano Menezes teve de se ausentar em suas duas passagens, o time foi comandado pelo auxiliar, tendo obtido seis vitórias, dois empates e perdido três vezes.
Com toda a confiança em Sidnei Lobo, Egídio considera que o importante mesmo é que quem entrar procure fazer o melhor. “Quando se tem oportunidade, o jogador não pode deixar passar. Já atingimos o objetivo no ano, fomos campeões (da Copa do Brasil) e estamos garantidos na Copa Libertadores do ano que vem, mas quem não vinha sendo aproveitado e tiver a chance de jogar tem de fazer o melhor possível. E nós, que jogamos mais, não podemos bobear, ainda mais dentro de casa. Temos a cultura da vitória e vamos entrar focados para fazer um grande jogo e conquistar a vitória”, diz o camisa 6.
Desfalques
Além de Dedé e De Arrascaeta (Manoel e David devem ser os substitutos), o interino não poderá contar com outros jogadores, suspensos. O lateral-direito Edílson recebeu o terceiro cartão amarelo, assim como o atacante reserva Rafael Sobis. O também atacante Sassá cumprirá a oitava e última partida de suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), ficando à disposição a partir do jogo com o São Paulo, no domingo.
Alvinegro paulista sob pressão
A três pontos da zona de rebaixamento, o Corinthians chega a Belo Horizonte precisando da vitória. E o técnico Jair Ventura ainda se vê obrigado a fazer duas mudanças em relação time que empatou por 1 a 1 com o São Paulo, sábado, em Itaquera. O lateral-esquerdo Carlos Augusto se apresentou à Seleção Brasileira Sub-20 e dará lugar a Danilo Avelar, ex-dono da posição. Expulso no clássico, Ángelo Araos abre vaga para o retorno de Douglas, que havia sido desfalque no fim de semana por causa de incômodo muscular na coxa esquerda.
CRUZEIRO X CORINTHIANS
CRUZEIRO
Fábio; Lucas Romero (Ezequiel), Manoel, Leo e Egídio; Henrique (Lucas Romero), Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves e David (Rafinha); Fred
Técnico: Mano Menezes
CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Leo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Douglas, Romero, Jadson e Pedrinho; Danilo
Técnico: Jair Ventura
Motivo: 34ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Data: quarta-feira, 14 de novembro de 2018
Horário: 21h45
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
Assistentes adicionais: Vinícius Gomes do Amaral (RS) e Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)
Cruzeirenses pendurados: Ariel Cabral, Bruno Silva, Dedé, Ezequiel, Leo, Manoel e Murilo
Estado de Minas

Related posts

Leave a Comment