Rafael Moura ‘cobra’ Oswaldo, fala sobre possível renovação com o Atlético e destaca rendimento físico aos 34 anos

Rafael Moura ‘cobra’ Oswaldo, fala sobre possível renovação com o Atlético e destaca rendimento físico aos 34 anos

  • Post author:
  • Post category:Esporte
Que Rafael Moura quer permanecer no Atlético não é novidade para ninguém. Nessa quinta-feira, entretanto, o atacante preferiu não ‘cobrar’ a renovação contratual com o clube alvinegro por meio da imprensa. O vínculo atual se encerra no final desta temporada.
“Eu falei que eu não ia ficar pedindo renovação via imprensa e nada. Todo mundo do clube sabe da minha vontade. Todo mundo que precisava saber já sabe. É redundante ficar falando da vontade que eu tenho, do meu lado atleticano. Muita gente acha que é marketing, mas não é”, garantiu.
Formado nas categorias de base do Atlético, o atacante foi contratado pelo clube em 2016, mas logo foi emprestado para o Figueirense. Em 2017, voltou a Minas Gerais, onde quer permanecer. Apesar da vontade de ficar, Rafael Moura garante: a hora, agora, é de focar no Campeonato Brasileiro. O time briga por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América.
“Vamos deixar a próxima diretoria tranquila, fazer todo o planejamento, tudo o que eles têm para conversar na transição também. Eles sabem o quanto eu quero permanecer aqui. Mas, antes disso, a gente tem um objetivo. Acho que muita coisa pode mudar e ajudar essa nova diretoria a tomar algumas decisões de planejamento até financeiro se a gente conseguir a vaga na Libertadores. Eu, Leo (Silva) e Robinho, todo mundo conversou sobre isso, a gente falou que a gente quer ficar. Mas o foco, hoje, é totalmente voltado a essa classificação para a Libertadores. A gente tem todo o tempo de férias e de planejamento para poder todo mundo sair feliz com isso, a nova diretoria e nós jogadores”, disse.
Chances e desempenho físico
Peça importante da equipe em parte da temporada, Rafael Moura viu as chances no time titular não aparecerem desde a chegada de Oswaldo de Oliveira. Foram quatro atuações sob o comando do treinador – todas elas saindo do banco de reservas. Na última delas, no empate por 0 a 0 contra o Botafogo, ‘He-Man’ agradou. Justamente por isso, ele espera receber novas oportunidades.
“Fiquei muito tempo sem jogar, sem ter oportunidade desde a chegada do Oswaldo. Não que eu não seja útil. Pelo menos nas conversas que tenho com ele, ele sempre me deu muita moral, muita atenção. Mas ele precisava tentar recuperar o Fred e o Robinho. Ele tem tido êxito nisso. Agora, está na hora de me recuperar também, de me dar mais uma moral, mais oportunidade”, disse.
E um dos trunfos de Rafael Moura é o bom momento físico. Apesar de ter 34 anos, o atacante não frequentou o departamento médico alvinegro nesta temporada para tratar de lesões. Isso é motivo de orgulho para o experiente jogador.
“A gente tem o lado da fisiologia, fisioterapia e preparação física muito integrada. São profissionais muito competentes. Além de não ter tido lesão, eu participei de todos os treinamentos do ano. Eu sou o único atleta que participou de tudo que teve, apesar dos meus 34 anos”, disse.
Rafael Moura será reserva de Fred na partida deste sábado, contra o Santos, na Vila Belmiro. O jogo, marcado para 17h, é válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Estado de Minas